Grande Prêmio de Teses UFMG 2018 para tese do DCC

sex, 19/10/2018 - 09:00
Português, Brasil
O pesquisador Rodolfo Wanderson Lima Coutinho conquista prêmio de melhor tese da área Ciências Exatas e da Terra e Engenharias

A tese Controle de topologia e roteamento oportunístico em redes de sensores aquáticas do Rodolfo Wanderson Lima Coutinho ganhou o Grande Prêmio de Teses da UFMG 2018 da Área de Ciências Exatas e da Terra e da Engenharia, orientado pelos professores Antonio Alfredo Ferreira Loureiro, Azzedine Boukerche e Luiz Filipe Menezes Vieira (foto).

Rodolfo Wanderson Lima Coutinho é autor da tese Controle de topologia e roteamento oportunístico em redes de sensores aquáticas, na qual propõe modelos matemáticos, para investigar vantagens e desvantagens do projeto conjunto de protocolos de roteamento oportunístico e controle do ciclo de trabalho nessas redes.

Paraense, Rodolfo Coutinho graduou-se, em 2008, em Sistemas de Informação, na Universidade Federal do Pará, campus de Santarém. Em 2010, concluiu o mestrado em Engenharia Elétrica, com ênfase em Computação Aplicada. Na ocasião, os resultados de sua investigação sobre conjunto de redes sem fio e redes 4G repercutiram em várias conferências internacionais.

Em 2011, Coutinho ingressou no doutorado em Ciência da Computação na UFMG, sob orientação do professor Antonio Alfredo Ferreira Loureiro. Na Universidade de Ottawa, onde cursou doutorado-sanduíche, sua tese recebeu o prêmio Pierre Laberge como melhor trabalho na área de ciências. Coutinho também foi agraciado com o primeiro lugar no Concurso de Teses do Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos (SBRC).