UFMG On-line

Subscrever feed UFMG On-line
Novidades sobre a UFMG, informações diversas e eventos
Atualizado: 48 minutos 46 segundos atrás

Nescon abre 54 vagas temporárias de trabalho para profissionais de saúde

6 horas 32 minutos atrás

Valdecir Galor / SMCS / Fotos Públicas / 9.7.2016

Equipe de saúde da família em ação em Curitiba: objetivo do PMAQ é melhorar a qualidade da atenção básica no Brasil

O Núcleo de Educação em Saúde Coletiva da UFMG (Nescon) recebe, até 26 de julho, inscrições relativa ao edital de seleção de supervisores e entrevistadores para atuação no Programa Nacional da Melhoria do Acesso e da Qualidade na Atenção Básica (PMAQ).

São 54 vagas disponíveis, sendo 18 para supervisores e 36 para entrevistadores. Os interessados devem ser graduados em pelo menos um dos seguintes cursos de nível superior: Enfermagem, Fisioterapia, Medicina, Odontologia, Fonoaudiologia, Educação Física, Psicologia, Farmácia, Nutrição, Terapia Ocupacional, Serviço Social, Biomedicina, Gestão de Serviços de Saúde e Saúde Coletiva e Ciências Sociais. É preciso ter experiência na área de saúde ou pesquisa.

O candidato deve ter habilidade na utilização do pacote office, da Microsoft Windows, e no manuseio de tablets com o sistema operacional Android. Os aprovados no processo seletivo atuarão no Programa Nacional da Melhoria do Acesso e da Qualidade na Atenção Básica (PMAQ) e serão classificados como entrevistadores ou supervisores de acordo com suas habilidades.

Ao entrevistador caberão atribuições como aplicação de instrumentos de coleta de dados do PMAQ em pesquisas de campo, participação em curso de qualificação, entre outras do gênero. O supervisor é responsável pela coordenação das equipes entrevistadoras, acompanhamento de aplicação de questionários e tarefas correlatas.

A remuneração oferecida para os dois cargos é proporcional ao trabalho realizado. O entrevistador receberá R$ 17 por entrevista realizada no período do roteiro de campo. O supervisor será remunerado de acordo com o número de entrevistas aplicadas, mais R$100 por dia trabalhado.

A modalidade de admissão é a de contrato de serviços de autônomo. A seleção será por meio de análise do formulário de inscrição, do Currículo Lattes, questionário, qualificação e avaliação escrita. O resultado final será divulgado, até setembro, nas páginas do Nescon e do Programa Ágora.

Sobre o Programa
Financiado pelo Ministério da Saúde Saúde, o Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ) é uma iniciativa da Diretoria de Atenção Básica desenvolvida com o objetivo de elevar a atenção básica no Brasil ao nível da excelência.

O projeto compreende um conjunto de ações – entre elas, a realização de avaliação das condições de acesso e de qualidade das Equipes de Saúde da Família (ESF). Ao Nescon – instituição parceira do Ministério nessa empreitada – cabe a avaliação externa das equipes de atenção básica nos estados do Acre, Rondônia e mesorregiões de Minas Gerais.
Leia o edital.

Mais informações podem ser obtidas no próprio Nescon pelo telefone 3409-9675.

Categorias: UFMG

Vídeo projetado na Praça da Liberdade resgata ‘discos e esquinas’ de grupo musical mineiro

6 horas 43 minutos atrás

Divulgação

Vista do viaduto de Santa Tereza, em Belo Horizonte

Um vídeo que mergulha na musicalidade do Clube da Esquina, tema da exposição Canção amiga, em cartaz no Espaço do Conhecimento UFMG, está sendo projetado neste mês em sua fachada digital, na Praça da Liberdade.

A produção Entre discos e esquinas, que une clássicos do grupo com fotografias e animações feitas em Belo Horizonte, explora as potencialidades de exibição no Planetário, em que o público tem uma visão 180º x 360º em formato fulldome. As sessões ocorrem às terças e quintas-feiras, às 14h40, às sextas e aos domingos, às 13h40, e aos sábados, às 13h40 e 19h40.

Canção amiga é resultado das pesquisas do Centro de Referência da Música de Minas UFMG, trabalho de pesquisa interdisciplinar que investiga as sonoridades produzidas e em circulação no estado. A exposição ocupa o segundo e o quinto andares do Espaço. Na fachada digital, uma projeção exibe depoimentos de artistas do Clube da Esquina. A mostra fica em cartaz até setembro.

Disco ou movimento?
Não há consenso entre pesquisadores sobre o que é, exatamente, o Clube da Esquina. Para uns, são os dois LPs, produzidos em 1972 e 1978 e conduzidos por Milton Nascimento, com a participação de músicos e compositores mineiros. Para outros, trata-se de um movimento mais sistemático, que tem início em Minas Gerais, mas se espalha pelo Brasil e pelo mundo.

As principais características do Clube são os temas das letras das músicas, como amizade, utopias, natureza e os espaços rural e urbano, além da singularidade das melodias, das harmonias e dos arranjos.

O Espaço do Conhecimento está localizado na Praça da Liberdade, 700.

(Com Assessoria de Comunicação do Espaço do Conhecimento UFMG)


Categorias: UFMG

Campanha da Biblioteca Universitária pede dicas para compor acervo do Espaço de Leitura

6 horas 46 minutos atrás

Carla Pedrosa / BU-UFMG

Ambiente de leitura compartilhada na Biblioteca Central: livros, revistas, quadrinhos e filmes

Até o dia 31 de julho, está no ar a campanha Quero ler no Espaço de Leitura da Biblioteca Central. O objetivo é reunir sugestões de membros da comunidade da UFMG sobre obras literárias e outros títulos para compor o acervo do Espaço.

Para participar da iniciativa, basta preencher questionário virtual. “Alunos, professores, servidores técnico-administrativos e funcionários terceirizados da Universidade poderão sugerir até três títulos inéditos no catálogo on-line da UFMG", explica Cleide Vieira de Faria, coordenadora da Biblioteca Central.

Criado em 2009, o Espaço de Leitura abre de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 22h, e possui acervo diversificado com obras da literatura clássica e infantojuvenil, além de livros sobre religião e culinária. Também há revistas, histórias em quadrinhos, acervo em braille, em áudio e filmes.

O Espaço de Leitura abriga, ainda, eventos como exposições, lançamentos de livros, sessões de contação de histórias e visitas de escolas públicas, agendadas pelo telefone (31) 3409-4614.

Informações sobre as atividades do Espaço estão em sua página no Facebook.


Categorias: UFMG

Encontro com delegação da Alemanha encaminha criação de novo programa internacional de cátedras

qua, 19/07/2017 - 22:40

Fotos: Foca Lisboa / UFMG
O reitor Jaime Ramírez (no centro) recebeu dirigentes de entidades e universidades alemãs

Em reunião na manhã de hoje com delegação da Alemanha que participa do encontro nacional da SBPC, o reitor Jaime Ramírez iniciou conversas que podem levar à criação de um programa de cátedras destinado a trazer professores daquele país para temporadas na UFMG. Ramírez recebeu a diretora do Centro Alemão de Ciência e Inovação (DWIH), Martina Schulze, e representantes de universidades e instituições ligadas ao mundo acadêmico.


De acordo com Martina Schulze, o encontro teve o intuito de confirmar as boas relações da UFMG com instituições alemãs. “Nosso trabalho é tornar possível a cooperação, incluindo iniciativas como a mobilidade de estudantes, professores e pesquisadores. Ficamos entusiasmados com a ideia das cátedras alemãs”, disse ela, que também dirige o escritório regional, no Rio de Janeiro, do Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (Daad).

Jaime Ramírez afirmou que o contato com entidades como o Centro de Inovação e Ciência e o Daad serve muito bem à prospecção de novas formas de parceria. “A Alemanha é o terceiro país da Europa com o qual mais temos acordos, mas ainda é possível vislumbrar possibilidades diferentes, como um programa nos moldes das Cátedras Franco-brasileiras”, comentou o reitor.

O programa que traz professores franceses, cofinanciado pela Embaixada da França, está em sua quarta edição e tem patrocinado a vinda de seis a oito docentes por ano, em diversas áreas. De acordo com o diretor de Relações Internacionais da UFMG, Fábio Alves, um programa do gênero em conjunto com a Alemanha pode encontrar características próprias. É importante, segundo ele, que se procure sempre a reciprocidade, ou seja, que a universidade parceira se disponha a receber professores da UFMG que atuam como anfitriões dos colegas estrangeiros.

Ética e arte
A representação acadêmica alemã mantém um estande na ExpoT&C e teve participação em mesas sobre temas como ética na ciência e o papel da pesquisa em arte para a ciência e a economia.

O Centro Alemão de Ciência e Inovação São Paulo (DWIH) representa, desde 2012, as instituições de pesquisa e universidades alemãs e trabalha para conectar os sistemas de inovação de Brasil e Alemanha. O DWIH tem sedes também em Moscou, Nova Déli, Nova York, Tóquio e Cairo. De acordo com informações divulgadas pelo Centro, quase todas as importantes instituições de pesquisa alemãs e mais de 100 universidades mantêm projetos de cooperação com o Brasil.

Universidade japonesa
À tarde, o diretor de Relações Internacionais recebeu dirigentes da Soka University, do Japão, que vieram fechar convênio de intercâmbio na graduação e conhecer instalações da Universidade, incluindo a Moradia Universitária. A delegação foi chefiada pelo vice-reitor Ryohei Tanaka.

Foram negociadas vagas para mobilidade entre as duas instituições, com previsão de atividades didáticas em português, inglês e japonês. Os dirigentes também trataram da reciprocidade de oferta de moradia gratuita para os alunos em intercâmbio. A Soka University aceitou convite para enviar alunos para a edição 2018 da Summer School em Estudos Brasileiros oferecida pela Diretoria de Relações Internacionais, em conjunto com os centros de estudos especializados, sobretudo o Centro de Estudos da Ásia-Oriental.

“O resultado da reunião foi muito positivo, com possibilidade de ações concretas de mobilidade estudantil e interação entre pesquisadores brasileiros e japoneses”, disse Fábio Alves. Ele informou ainda que, firmado o convênio de intercâmbio, a Soka University passará a integrar o anexo de vagas do Programa Minas Mundi já no edital de 2018.

Participaram também do encontro o diretor administrativo da Soka University, Masahiko Tobita, o técnico de Relações Internacionais Koichi Osamura, o professor Dawisson Lopes, do Departamento de Ciência Política e do Centro de Estudos da Ásia Oriental, o professor Miguel Mahfoud, do Departamento de Psicologia e responsável pelos primeiros contatos com a instituição japonesa, e Tiago Duarte, integrante da equipe da DRI.

A UFMG e a Soka University mantêm, desde março deste ano, Acordo Geral de Cooperação que tem validade até março de 2022.

Categorias: UFMG

Conjunto de 'planetas do saber', Sistema de Bibliotecas tem história resgatada em exposição na Reitoria

qua, 19/07/2017 - 06:30

Carla Pedrosa / BU

A exposição Uma viagem interplanetária pelo Sistema de Bibliotecas da UFMG, que conta a história das 25 bibliotecas da Universidade, está aberta à visitação do público no mezanino da Reitoria da UFMG. A mostra integra as comemorações dos 90 anos da UFMG e ficará em cartaz até 8 de setembro.

Com curadoria e expografia de equipe formada pela jornalista Carla Pedrosa, da Biblioteca Universitária, pelo professor Marcelo Borges, da Escola de Belas Artes, e pelas estagiárias Lívia Araújo, Dayane Gomes e Rita Davis –, Uma viagem interplanetária consiste em uma representação metafórica do Sistema de Bibliotecas.

A referência é o Sistema Solar, composto pelos planetas e outros corpos que orbitam o Sol. O Sistema de Bibliotecas está representado como um conjunto de "planetas do saber" interconectados que orbitam a Biblioteca Universitária. Textos, depoimentos, fotografias e objetos sobre a história desses "planetas" compõem a narrativa da exposição.

“A celebração das nove décadas da UFMG é ocasião propícia para retomar a história de cada um dos espaços e das pessoas que contribuíram para construir esse universo do conhecimento”, afirma Wellington Marçal de Carvalho, diretor do Sistema de Bibliotecas da UFMG e idealizador da exposição, juntamente com a vice-diretora, Anália das Graças Gandini Pontelo.

(Com Assessoria de Comunicação do Sistema de Bilbiotecas)

Categorias: UFMG

Simpósio sobre eletrofisiologia celular, agendado para agosto, no ICB, recebe resumos e inscrições

qua, 19/07/2017 - 06:25

O 2° Simpósio Brasileiro de Eletrofisiologia Celular (SBEC), que será realizado de 7 a 9 de agosto, no Instituto de Ciências Biológicas (ICB) da UFMG, recebe resumos de trabalhos até o próximo dia 28 e inscrições de ouvintes até 1º de agosto.

O evento é organizado pelos programas de pós-graduação em Bioquímica e Imunologia e Fisiologia e Farmacologia. A eletrofisiologia celular é a área dos mecanismos responsáveis por regular o funcionamento dos órgãos e determinar o equilíbrio das condições necessárias à vida.

É esperada a participação de cerca de 200 estudantes universitários, pesquisadores e profissionais interessados nos campos da eletrofisiologia celular e da biologia computacional e estrutural. Especialistas brasileiros e estrangeiros estarão reunidos em módulos temáticos, minissimpósios e conferências.

A eletrofisiologia estuda, diagnostica e trata as atividades elétricas em células e tecidos. O professor Jader Cruz, do Departamento de Bioquímica e Imunologia do ICB, explica que, com aplicações multidisciplinares, os estudos eletrofisiológicos no nível celular têm sido fundamentais para identificar mecanismos de comunicação e moleculares de sinalização celulares. Erros no processamento de informação celular são responsáveis por cânceres, diabetes e o sistema de imunidade do corpo.

"Nossa área ainda é pequena no Brasil, por isso ainda é muito importante incentivar o crescimento da eletrofisiologia. Este evento tem o intuito de provocar reflexões sobre os últimos avanços na metodologia e temas abordados em biofísica, combinando aspectos moleculares e fisiológicos de forma integrada. Uma melhor compreensão dos processos de sinalização celular pode favorecer abordagens mais precisas no tratamento de doenças, vários avanços na área da biotecnologia, além de outras aplicações.

Alguns dos palestrantes confirmados são Ramon Latorre (Chile), Sharona Gordon ( Estados Unidos), Ariel Escobar e Martín Petroff (Argentina).

O site do simpósio contém a programação, orientações sobre inscrições e outras informações.

fapemig.br

O 2º SBEC homenageia o professor Paulo Sérgio Lacerda Beirão, do Departamento de Bioquímica e Imunologia do ICB, em reconhecimento às suas contribuições para o desenvolvimento e consolidação da Biofísica Celular no Brasil. Médico formado pela UFMG, mestre e doutor pelo Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (UFRJ), Beirão foi orientado pelo professor Leopoldo de Meis – pesquisador reconhecido por sua dedicação à extensão universitária como forma de atenuar a miséria social e identificar novos talentos para a educação, ciência, tecnologia e inovação.

Paulo Beirão também atuou na University of Pennsylvania (EUA), Jefferson Medical College, e foi Honorary Research Fellow da University of Leicester (Reino Unido). Presidiu diversas sociedades científicas, como a Sociedade Brasileira de Biofísica, e recebeu numerosas homenagens, como a Comenda Nacional do Mérito Científico.

Diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da Fapemig, é membro titular da Academia Brasileira de Ciências. Durante sua gestão à frente da Pró-reitoria de Pesquisa foi elaborado o projeto de criação do BH-TEC, parque tecnológico vinculado à UFMG que hospeda várias empresas de biotecnologia.

É reconhecido nacional e internacionalmente pelos seus estudos com toxinas obtidas de escorpiões e aranhas usadas como ferramentas moleculares para dissecar os mecanismos de controle dos canais iônicos e construiu grupo de eletrofisiologia celular do ICB no qual se formaram mestres e doutores.

(Com Setor de Comunicação Social e Divulgação Científica do ICB)

Categorias: UFMG

Intervenção teatral promove ‘encontro com cientistas’ no Espaço do Conhecimento

qua, 19/07/2017 - 06:07

Divulgação

Cena da performance que vai levar ao museu Madame Curie e Milton Santos

A construção do conhecimento depende de experimentos, observações e reflexões, e os cientistas podem surpreender ao contar como chegaram a teorias que mudaram o mundo. O Espaço do Conhecimento UFMG promove um bate-papo com eles, por meio da Intervenção teatral: Encontro de cientistas, em que personagens famosos da história da ciência mostram aos visitantes como o se produz o saber.

Parte da programação especial de férias do Espaço, a intervenção traz a primeira mulher a ser laureada com um Prêmio Nobel, Madame Curie, o geógrafo brasileiro Milton Santos e a antropóloga Margaret Mead para uma conversa sobre a ciência e as explicações do mundo. Para participar, é preciso pegar senha na recepção do Espaço uma hora antes do início da atividade, que terá entrada gratuita e será realizada hoje, 19, e sexta-feira, 21 de julho, quarta e sexta-feira, a partir das 14h.

Férias
A programação de férias do Espaço do Conhecimento UFMG reúne atividades para toda a família. De 8 a 30 de julho, os visitantes poderão participar de sessões no Planetário, oficinas de astronomia, contação de histórias, percurso temático, intervenções teatrais e jogos. Mais informações estão disponíveis no site do Espaço e nas redes sociais.

O museu fica Praça da Liberdade, 700, Funcionários.


Categorias: UFMG

Academia Brasileira de Ciências vai diplomar novos membros nesta quarta

ter, 18/07/2017 - 14:46

Será realizada nesta quarta-feira, dia 19, a cerimônia de diplomação de cinco novos membros afiliados à Academia Brasileira de Ciências. Trata-se de jovens cientistas que se destacaram em suas determinadas áreas, em Minas Gerais e no Centro-oeste brasileiro.

A solenidade ocorrerá no auditório 3 do ICB, às 8h30. Os cinco pesquisadores farão uma breve apresentação de suas pesquisas e logo em seguida serão diplomados como membros afiliados da ABC. Angelo Malachias de Souza (ciências físicas, UFMG), Jônatas Santos Abrahão (ciências biológicas, UFMG), Luciano Andrey Montoro (ciências químicas, UFMG), Rafael Dias Loyola (ciências biológicas, UFG) e Roberto Braga Figueiredo (ciências da engenharia, UFMG).

O evento é coordenado pelo professor Mauro Teixeira, do Departamento de Bioquímica e Imunologia do ICB e vice-presidente da Regional Minas Centro-oeste da ABC.

(Com Assessoria de Comunicação Social e Divulgação Científica)

Categorias: UFMG

Boletim destaca 50 anos de criação do Festival de Inverno

ter, 18/07/2017 - 10:49

Na edição que comemora meio século de fundação, o Festival de Inverno da UFMG reforça seu caráter experimental e acadêmico. O evento, que será realizado de 28 de julho a 5 de agosto, terá atrações em espaços públicos da cidade e da UFMG, como a cantata cênica Carmina Burana, montada pelo Núcleo de Música Coral da UFMG.

Reportagem sobre o evento é o destaque da edição 1986 do Boletim UFMG, que circula nesta semana com o seguinte conteúdo:

Refúgio e liberdade
Escritor e acadêmico congolês inicia temporada na UFMG como residente; iniciativa é parte de acordo com rede internacional.

Cinco décadas de resistência
Festival de Inverno da UFMG reforça seu caráter experimental e acadêmico na edição em que comemora 50 anos de fundação.

Louco empoderamento
Tese da Psicologia analisa experiências autonomistas de pessoas com sofrimento mental.

Em defesa do patrimônio documental
Biblioteca Universitária e Escola de Ciência da Informação desenvolvem atividades em parceria com a Unesco no âmbito do Programa Memória do Mundo.

Acontece
Um olhar para o futuro é tema de seminário que marca, em agosto, as comemorações dos 50 anos do Cedeplar.

Opinião
A precarização das relações de trabalho no Brasil é discutida pelo estudante Alexandre Francisco Braga, do curso de Ciências do Estado.

Encarte com resoluções

Cepe reedita normas gerais de pós-graduação

Residência pós-doutoral é tema de resolução do Conselho Universitário

Estabelecida composição da congregação da Escola de Engenharia


Categorias: UFMG

Registro e matrícula dos classificados no vestibular de habilidades serão efetuados nos dias 19 e 20

ter, 18/07/2017 - 07:04

Marina Gontijo / UFMG

Bacharelado e licenciatura em música estão entre os cursos do vestibular de habilidades

Candidatos classificados para a segunda entrada do concurso Vestibular de Habilidades da UFMG devem efetuar, nos dias 19 e 20 de julho (quarta e quinta-feira), seu registro acadêmico e matrícula na UFMG para garantir a ocupação da vaga.

Eles devem comparecer à sede do Departamento de Registro e Controle Acadêmico (DRCA), na Unidade Administrativa 3, campus Pampulha, portanto toda a documentação exigida. A escala de atendimento e as instruções para o procedimento estão disponíveis na página do órgão.

O Vestibular de Habilidades contempla os cursos de Artes Visuais (diurno), Cinema de Animação e Artes Digitais (Noturno), Licenciatura em Dança (noturno), Design (noturno), Design de Moda (noturno), Bacharelado em Música, Licenciatura em Música (noturno) e Teatro (diurno). A seleção dos candidatos para essas formações é feita por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), na primeira etapa, e por prova específica, na segunda.

Categorias: UFMG

Dispositivos de memória, caixas de correio são tema de exposição de professora da EBA em São Paulo

ter, 18/07/2017 - 06:32

Tânia Araújo / EBA

Imagens de caixas de correio coletadas desde 1995 pela professora Tânia Araújo, da Escola de Belas Artes, compõem a exposição Anônimas, em cartaz desde o início do mês, no Centro Cultural Correios, no Centro de São Paulo.

A mostra foi estruturada com base em acervo de mais de 400 fotos. O trabalho se desdobrou em videoinstalação, plotagens, objetos, gravuras e cartões-postais. As imagens foram apresentadas, originalmente, em exposição que integrou a tese de doutorado da professora, intitulada Caixa de correio – lugar de entrada, de passagem e de acúmulo de memórias, defendida no ano passado na EBA.

"Essa exposição pretende levantar questões relacionadas ao universo da arte, da política, da escrita, do feminino e das novas mídias, provocadas a partir da descoberta das caixas de correio na arquitetura urbana de Belo Horizonte. Mostrar e resgatar a memória de como a caixa de correio, um objeto antigo, ainda está presente na contemporaneidade, enfrentando o tempo e as novas tecnologias, é uma metáfora da espera do que pode acontecer", teoriza Tânia Araújo.

Legado provocativo
O professor Marcos Hill, da Escola de Belas-Artes, classifica de “legado provocativo” o ensaio fotográfico de Tânia Araújo. “Ao fotografar caixas de correio ainda existentes pela cidade, além de revitalizar um dispositivo que muito participou da troca humana de informação, a artista nos avisa sobre o risco de não nos lembrarmos mais das correspondências epistolares, que, durante séculos, animaram e decidiram momentos importantes da vida individual e coletiva das pessoas”, afirma Hill.

A mostra pode ser visitada até 3 de setembro. O Centro Cultural Correios está localizado na Avenida São João, s/nº, Vale do Anhangabaú, no Centro da capital paulista.


Categorias: UFMG

Fachada digital do Espaço do Conhecimento projeta a produção da UFMG

ter, 18/07/2017 - 06:29

Vinte e uma produções visuais e sonoras de professores, alunos e funcionários da UFMG, que tratam de temas de pesquisa e extensão, estão sendo projetadas diariamente, das 18h às 22h, na fachada digital do Espaço do Conhecimento UFMG.

Os trabalhos foram selecionados no âmbito da chamada UFMG 90 Anos: a pesquisa científica e cultural e serão exibidos até setembro, quando a Universidade completa 90 anos de fundação. Trata-se de uma pequena mostra da expressiva produção acadêmica da instituição, que envolve 700 grupos de pesquisa, mais de 1 mil patentes registradas e quase 2 mil ações de extensão.

Fábrica de heróis
Outro destaque da programação de férias do Espaço do Conhecimento é a oficina Fábrica de heróis, programada para esta terça-feira, dia 18, e para quinta-feira, 20, às 14h. A atividade começa com um resgate da história da escrita e seus suportes, desde o surgimento do pergaminho até o livro na forma como é conhecido hoje.

Depois do bate-papo, o público é convidado a escrever sua própria versão de um herói. A participação, gratuita, é aberta a pessoas a partir de seis anos de idade, bastando a retirada de senha na recepção do Espaço.

Divulgação

Participantes serão estimulados a escrever sobre os seus heróis

Categorias: UFMG

Cursos de musicalização infantil, recursos hídricos, cirurgia e saúde bucal recebem inscrições

ter, 18/07/2017 - 06:27

Lucas Braga / UFMG

Cultivo de hortaliças no campus Montes Claros vale-se de modernas técnicas de irrigação

Quatro cursos – extensão ou especialização – estão com inscrições abertas ao longo do mês de julho no site da Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep). As aulas começam no próximo semestre letivo

Ofertado pela Escola de Música da UFMG, o curso de Musicalização Infantil promove a formação musical coletiva, a sensibilidade auditiva e o prazer em ouvir e fazer música em gêneros e estilos variados. As aulas contemplam desde bebês (a partir de seis meses de idade) até crianças de seis anos.

As matriculas terminam nesta quinta-feira, 20. Para inscrições e mais informações, acesse este link.

O Instituto de Ciências Agrárias (ICA), no campus de Montes Claros, sedia a especialização em Recursos Hídricos e Ambientais que busca formar recursos humanos qualificados para a elaboração de projetos hidroagrícolas com base tecnológica e o desenvolvimento e implementação de gestão sustentável dos recursos hídricos e ambientais.

As inscrições podem ser feitas até 28 de julho, e a seleção será realizada no dia 31 de julho. Matriculas e mais informações podem ser acessadas aqui.

Destinada a alunos de medicina que cursam disciplinas cirúrgicas, a Oficina de Cirurgia amplia o conhecimento em relação às técnicas básicas e avançadas usadas em processos e em atendimentos de cirurgias de ambulatório e de centros cirúrgicos.

As matrículas podem ser feitas até o dia 28 no site da Fundep.

Promovido pela Faculdade de Odontologia da UFMG, o curso de qualificação de auxiliar em Saúde Bucal é destinado a candidatos com ensino fundamental completo e com idade igual ou acima dos 17 anos.

As matrículas podem ser feitas até 31 de julho, e as aulas serão realizadas de 5 de agosto a 16 de dezembro de 2017.

(Com Assessoria de Comunicação da Fundep)

Categorias: UFMG

Professores com ações no Participa Mariana podem pleitear bolsas para estudantes

seg, 17/07/2017 - 06:38

Professores cadastrados no programa Participa UFMG Mariana – Rio Doce podem pleitear bolsas destinadas à participação de discentes em programas e projetos relacionados à iniciativa. A chamada foi lançada na última sexta-feira, 14, pelas pró-reitorias de Extensão (Proex) e de Pós-graduação (PrPG).

O programa Participa articula grupos de extensão e pesquisa da Universidade envolvidos com mapeamento, diagnóstico e soluções para os danos à população e possível reconstrução das áreas atingidas pelo rompimento da Barragem de Fundão em Mariana, além de estimular o desenvolvimento de ações interinstitucionais continuadas.

A chamada visa estimular a proposição de programas e projetos que contemplem o trabalho integrado de alunos de graduação e de pós-graduação, nível mestrado, com a oferta de bolsas com vigência de setembro de 2017 a agosto de 2018 (máximo de 12 meses).

A proposta apresentada deverá atender aos conceitos de Extensão Universitária, seja programa ou projeto, conforme estabelecido pela Política Nacional de Extensão Universitária (PNEU), e ser elaborada no Sistema de Informação da Extensão (Siex).

As bolsas de extensão serão destinadas a estudantes regularmente matriculados, que não sejam beneficiários de qualquer outro tipo de bolsa acadêmica da UFMG ou de outras fontes oficiais de fomento.

As inscrições serão realizadas até o dia 8 de agosto, exclusivamente por meio de mensagem e documentação enviada para o e-mail dife@proex.ufmg.br. Leia o edital.

(Com Assessoria de Comunicação da Proex)

Categorias: UFMG

Exposição que une Cervantes, Portinari e Drummond e inscrições para curso de música barroca movimentam Conservatório

seg, 17/07/2017 - 06:34

Divulgação
De hoje, 17, até 20 de setembro, estará aberta para visitação, de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h, no Espaço Expositivo do Conservatório UFMG, a exposição D. Quixote – Portinari e Drummond: releituras de Cervantes, organizada pela Diretoria de Ação Cultural. A mostra integra a programação da SBPC Cultura, que será realizada durante da 69ª Reunião Anual da SBPC, de 16 a 22 de julho, e também faz parte das comemorações dos 90 anos da Universidade.

Segundo Fabrício Fernandino, professor da Escola de Belas Artes e curador da exposição, em 2016, ano dos quatro séculos da morte do escritor espanhol Miguel de Cervantes, a Universidade recebeu a doação de um exemplar da publicação Cervantes, Portinari – Dom Quixote – Drummond. No documento estão reproduzidos 21 desenhos de Cândido Portinari e 21 glosas de Carlos Drummond de Andrade, criadas a partir de releitura e interpretação da obra O engenhoso fidalgo Dom Quixote de La Mancha, de Cervantes.

A mostra é uma oportunidade para homenagear o autor espanhol, expondo um acervo de publicações sobre sua obra mais conhecida. Também são mostradas outras representações artísticas sobre o tema, como uma projeção da coleção de gravuras completas de Gustave Doré e esculturas do professor da UFMG e escultor José Amâncio de Carvalho. Visitas de escolas devem ser agendadas pelo telefone (31) 3409-8300.

D. Quixote – Portinari e Drummond: releituras de Cervantes foi originalmente montada no Espaço Expositivo da Reitoria por ocasião da abertura das comemorações dos 90 anos da UFMG. Veja matéria publicada no Boletim UFMG à época.

Música barroca
Também a partir de hoje, 17, o Conservatório recebe inscrições para o curso A semântica das paixões: razões, afetos e delírios na música barroca. A formação trata do repertório barroco (1580 – 1750) considerando suas conexões com outras manifestações artísticas e sua contextualização sociocultural. A abordagem musical vai utilizar a retórica e a fenomenologia. A matrícula deve ser feita até 17 de agosto, no site da Fundep.

São oferecidas 40 vagas para maiores de 18 anos, três delas reservadas a bolsistas. Não é necessário ter conhecimento musical prévio para participar do curso. As aulas serão ministradas no Conservatório UFMG, sempre às terças-feiras, das 18h30 às 21h, a partir de 22 de agosto. O investimento é de R$ 450, à vista ou parcelados em até quatro vezes.

O Conservatório UFMG fica na Avenida Afonso Pena, 1.534, Centro. Outras informações podem ser obtidas no site da instituição.

(Com Setor de Comunicação do Conservatório UFMG)

Categorias: UFMG

Curso de extensão sobre pesquisa em História Medieval recebe inscrições até o fim do mês

seg, 17/07/2017 - 06:33

Wikimedia Commons

Imagem representa as três classes sociais da Idade Média: o clero, um cavaleiro da nobreza e os camponeses

Estão abertas, até 31 de julho, as inscrições para o curso de extensão Iniciação à pesquisa em História Medieval. A formação tem o objetivo de capacitar para a escrita técnico-científica e pesquisas em documentos de diversos tipos produzidos no período. Promovido pelo Departamento de História, em parceria com o Laboratório de Estudos Medievais (Leme), o curso terá aulas a partir de 7 de agosto, sempre às segundas-feiras, das 19h às 21h.

A formação é composta de duas disciplinas de 30 horas, cada. A primeira, Preparação de pesquisa, abordará os fundamentos teórico-epistemológicos da História Medieval e conduzirá os estudantes na elaboração de um projeto de investigação na área. A segunda, Execução e apresentação de pesquisa, versará sobre as normas da escrita científica e mediará a execução dos estudos planejados na disciplina anterior.

O curso é destinado a professores, graduandos e graduados em História ou Ciências Humanas e custa R$ 400. São oferecidas 40 vagas, 10% delas reservadas a bolsistas. Os interessados devem se inscrever no site da Fundep. Mais informações podem ser encontradas no site do Leme.

Categorias: UFMG

Face abriga 'co-working' para projetos inovadores de alunos, técnicos e professores

seg, 17/07/2017 - 06:29

Carol Prado / UFMG

Espaço que comporta até sete pessoas pode ser utilizado de segunda a sexta por toda a comunidade acadêmica

Está funcionando, na Faculdade de Ciências Econômicas, o laboratório aberto Face Lab, espaço de co-working para alunos, servidores técnico-administrativos e professores da UFMG que trabalham com projetos de inovação e empreendedorismo. O laboratório, inaugurado no início do mês passado, funciona na sala 1042.

O espaço comporta sete pessoas em atividade e funciona de segunda a sexta-feira, das 13h às 17h. Para reservar um horário, é preciso preencher formulário com informações relacionadas ao projeto. A inscrição só é necessária na primeira vez em que se utiliza a sala.

O modelo de co-working prevê espaço compartilhado por profissionais independentes que desejam desenvolver seus projetos sem o isolamento do home office ou as distrações de espaços públicos. Segundo o site Coworking Brasil, estima-se que haja mais de quatro mil espaços do gênero em funcionamento em todo o mundo.

Todas as instruções para a inscrição estão disponíveis no site do projeto. Perguntas podem ser enviadas pelo e-mail face.lab.ufmg@gmail.com.

Categorias: UFMG

Demografia fará cadastro de reserva de bolsistas para programa de pós-doutorado

seg, 17/07/2017 - 06:19

Até 11 de agosto, o Programa de Pós-graduação em Demografia recebe inscrições para o processo de seleção para o cadastro de reserva de novos bolsistas do Programa Nacional de Pós-doutorado (PNPD) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

As inscrições devem ser feitas nos dias úteis, das 8h às 12h e das 14h às 17h, na secretaria do curso (Faculdade de Ciências Econômicas, Bloco Administrativo, campus Pampulha).

Para se inscrever, é necessário possuir, quando da implementação da bolsa, o título de doutor, obtido em cursos avaliados pela Capes e reconhecidos pelo Ministério da Educação – diploma obtido em instituição estrangeira deverá ser analisado pelo Programa de Pós-graduação em Demografia.

O candidato não pode ser aposentado e deve disponibilizar currículo atualizado na Plataforma Lattes do CNPq ou, se estrangeiro, currículo com histórico de registro de patentes e/ou publicação de trabalhos científicos e tecnológicos de impacto e/ou prêmios de mérito acadêmico.

Mais informações podem ser obtidas no edital, pelos telefones (31) 3409-7087 e 3409-7156, pelo e-mail pgdemografiaeconomia@cedeplar.ufmg.br e no site do Cedeplar.

Categorias: UFMG

Programa Panorâmica, da TV UFMG, comemora neste mês os 50 anos do Festival de Inverno

sex, 14/07/2017 - 14:59

Neste mês, duas edições do programa Panorâmica, da TV UFMG, vão celebrar os 50 anos do Festival de Inverno da UFMG, que foi realizado pela primeira vez em 1967, em Ouro Preto. O programa vai exibir os três filmes realizados pela Universidade sobre o evento: Ouro Preto Festival de 10 invernos, de José Américo Ribeiro e José Tavares de Barros, 20 anos Festival de Inverno, de Silvino José de Castro (ambos na primeira edição), e 40 invernos, de Evandro Lemos, na segunda edição.

O filme Ouro Preto Festival de 10 invernos traz belas imagens históricas dos primeiros festivais: participantes das oficinas de pintura trabalham nas ruas, tiragens de gravuras são reveladas, alunos conferem sons de instrumentos musicais, bailarinos ensaiam, pedras transformam-se em esculturas, bonecos de marionetes saem do papel, são construídos, coloridos, costurados, encaixados e ganham vida no palco. Marco Antônio Guimarães, Álvaro Apocalypse, Sérgio Magnani são alguns dos artistas que aparecem no filme.

Em 20 anos Festival de Inverno, depoimentos são costurados a imagens que rememoram o início e as transformações do evento nas duas primeiras décadas. A abertura é da pianista Berenice Menegale, que conta sobre os primórdios. Em seguida, diversas pessoas descrevem o contexto de nascimento do festival, em meio à repressão. No decorrer do documentário, artistas e críticos discorrem sobre a importância do evento em suas carreiras e na trajetória de importantes grupos artísticos brasileiros. Os depoimentos são ilustrados por fotos, recortes de jornais e imagens em movimento, tomadas em Ouro Preto, Belo Horizonte, Diamantina, São João del-Rey e Poços de Caldas.

O documentário 40 invernos reúne na varanda do Grande Hotel de Ouro Preto diversas personalidades que rememoram afetivamente os anos de criação e desenvolvimento do Festival de Inverno. A neblina nas ruas da cidade, os espetáculos nas escadarias das igrejas, os encontros nas sessões de cinema e os concertos são lembrados com carinho. São trazidos à tona momentos marcantes, como as pressões sofridas durante o governo militar, que culminaram na prisão dos integrantes da companhia de teatro nova-iorquina Living Theater; a influência de artistas como o músico Walter Smetak, o coreógrafo Oscar Araiz, os atores Kurt Bildstein e George Froscher, do Teatro Livre de Munique, na criação de grupos de Belo Horizonte como o Uakti, o Corpo e o Galpão; as passagens do Festival por diversas cidades.

O Panorâmica traz ainda o making of de 40 invernos e uma seleção de vídeos realizados pelo projeto Ocupa TV UFMG, realizado durante o 47º Festival de Inverno. A primeira edição do programa sobre o Festival de Inverno estreia sábado, 15, às 20h, e a segunda edição será exibida pela primeira vez em 1º de agosto. O programa é transmitido pelo Canal Universitário (12 NET, 14 Oi TV), nas terças e quintas, às 12h15; nas quartas e sextas, às 19h30; e aos sábados, às 20h. A primeira edição do programa pode ser assistida no canal da TV UFMG no Youtube (veja no alto deste post).

Categorias: UFMG

Estudantes estrangeiros concluem curso 'Understanding Brazil'

sex, 14/07/2017 - 06:43

Foca Lisboa / UFMG

Encerramento oficial reuniu estudantes, coordenadores do curso e dirigentes da UFMG

Termina nesta sexta, 14, com visita ao Inhotim, o curso Understanding Brazil, oferecido neste mês pela UFMG a 25 estudantes estrangeiros. O encerramento oficial das aulas, ministradas em inglês, ocorreu na tarde desta quinta-feira, 13, na Faculdade de Ciências Econômicas, com presença da vice-reitora Sandra Goulart Almeida.

Com duas semanas de duração, o curso foi ministrado por equipe de professores de diversos departamentos da UFMG. De segunda a quinta, pela manhã, houve palestras de conteúdos correlatos a aspectos-chave do Brasil, como política brasileira, história, relações internacionais, geografia, direito, economia, artes e cultura.

À tarde, foram ministradas aulas de português para estrangeiros e às sextas-feiras ficaram reservadas para excursões para Ouro Preto (dia 7) e Inhotim. A programação incluiu, ainda, mostra brasileira de cinema. Os estudantes são provenientes de 12 países: Alemanha, Áustria, China, incluindo Hong Kong e Taiwan, Colômbia, Peru, Coreia do Sul, Estados Unidos, Reino Unido e Sérvia.

Interesse
Coordenador do Centro de Estudos da Ásia Oriental, o idealizador da iniciativa, professor Gilberto Libânio, avalia que o curso, inédito na UFMG, foi “muito bem-sucedido” e pode se tornar “a primeira edição de muitas”. Segundo ele, universidades da Inglaterra, da Austrália e dos Estados Unidos manifestaram interesse em enviar alunos para outras turmas do curso.

Professor do Departamento de Ciências Econômicas, Libânio informou que alguns dos participantes sinalizaram com a possibilidade de voltar por um período mais longo, devido ao seu interesse por questões abordadas no curso. “A visita a Ouro Preto também foi muito positiva. Os estudantes se surpreenderam com a diversidade, ao comparar a cidade com Belo Horizonte”, relata.

Libânio também se mostrou satisfeito com o sistema de acolhimento adotado pela Diretoria de Relações Internacionais (DRI), que operou com o conceito de “apadrinhamento” dos visitantes por estudantes brasileiros. Gilberto Libânio divide a coordenação do curso com o professor Alexandre Cunha, coordenador do Centro de Estudos Europeus.

Programação do curso:
Dia 3: Uma breve história do Brasil – Junia Furtado, do Departamento de História
Dia 4: Geografia do Brasil – Roberto Luis Monte-Mór, do Departamento de Economia
Dia 5: Uma introdução à cultura brasileira – Frederico Canuto, do Departamento de Urbanismo
Dia 6: Sociedade brasileira – Corinne Davis, do Departamento de Sociologia e Antropologia
Dia 10: Legislação brasileira – Aziz Saliba, da Faculdade de Direito
Dia 11: Fundamentos do sistema político brasileiro – Bruno Reis, do Departamento de Ciência Política
Dia 12: Economia brasileira – Gustavo Britto e João Romero, do Departamento de Economia
Dia 13: Aspectos-chave das relações exteriores brasileiras – Dawisson Lopes, do Departamento de Ciência Política
Dia 14: Arte contemporânea brasileira no Inhotim – Isabela Prado, da Escola de Design da Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg)

Categorias: UFMG

Páginas